Clique e conheça nossos serviços : Grupo Empresarial com atuação na Construção Civil, especializado em Retrofit e Revitalização de Edifícios em Brasília e Goiânia. Atuação na Construção Civil. A construtora é especializada em Engenharia de Manutenção Predial, Revitalização de Fachadas Prediais e Retrofit (Reforma de Fachadas) CREA 11036/RF Atuação em Manutenção Predial Preventiva Gestão global da manutenção do Edificio, Inspeção Predial e Manutenção Corretiva. Atuação em Retrofit (revitalização de edifícios) Desde o projeto inicial, passando por todas as etapas da operação. Execução da Obra com equipe treinada para obras de Retrofit. Entenda a Revitalização de Fachadas em Edifícios Obras de Retrofit em Edifícios Lei 10518/88 Pintura e Limpeza de Fachadas Plano Anual de Manutenção de Fachadas Quem Somos Clique e veja nossas entrevistas. Conheça os nossos clientes Brasília Contato e Orçamentos. Telefone: (61) 4141-3470 (61) 98187-3986 E-Mail: contato@grupomorato.com.br ------------------------------------------------------------------------------------------- Goiânia Telefone: (62) 98256-9974 - WhatsApp E-Mail: contato@grupomorato.com.br Obras Realizadas Início Por que nos contratar? txt_1227271661 txt_1227271661 txt_1227271661 txt_1227271661 Contato e Orçamentos A Manutenção das fachadas deve ser programada e ter periodicidade, de acordo com cada tipo acabamento e revestimento. Com isso a edificação estará desempenhando sua função de proteger as estruturas internas, plenamente apresentáveis, garantirá a segurança dos usuários, evitará uma serie de transtornos e até danos irreparáveis. Realizamos com muita qualidade a manutenção de suas fachadas através dos seguintes serviços de Limpeza, Pintura e Restauração: Restaurtação e Rejunte das Pastilhas; Troca de revestimentos; Aplicação de texturas; Recuperação estrutural; Impermeabilização das Fachadas; Vedação de Janelas e Esquadrias. (Pele de Vidro); Pintura ou Textura sob Pastilhas; Tratamento do Concreto aparente e Tijolinho a vista; Aplicação de hidro-repelente; Fulget e Granilha; Tratamento de Manchas em alumínios e vidros; Tratamento de fissuras e Trincas Dinamicas; Fixação de Placas de Granito, Mármores e Alucobond ACM; Pintura das Fachadas Manutenção Preventiva: é investimento! Integer sodales ante in leo. Vivamus orci enim, ornare rhoncus, porta eget, posuere sed, ipsum. Curabitur placerat, metus et suscipit mattis, felis urna accumsan enim, vitae porttitor ipsum risus et erat. Duis in metus. Pellentesque convallis fermentum neque. Duis rhoncus diam non ligula. Curabitur nec ipsum. Vestibulum ipsum ligula, sagittis at, porta eget, eleifend nec, leo. Detalhes sobre a janela 5 1 ? Lavagem das fachadas. A necessidade da lavagem se dá para remoção de todo substrato existente nas fachadas que não sejam revestimento cerâmico e rejuntes. Manchas, lodo, poeira, pedras soltas ( fofas e danificadas ) e rejuntes deteriorados deverão desaparecer para não impedirem o bom aspecto e a impermeabilização, objetos finais da manutenção de fachadas. 2- Teste de percussão das fachadas. Iniciamos o tratamento do acabamento com um teste de percussão em todas as fachadas, a fim de analisar as condições do revestimento, removendo onde necessário, onde encontramos o reboco se desprendendo da fachada, ele é removido, e é feita uma nova argamassa com aditivo que potencializa a aderência entre as partes, para depois receber o acabamento final. 3- Reposição de revestimentos. Todo o revestimento cerâmico demolido antes, durante ou após a lavagem deverá ser reposto na segunda etapa dos serviços. Para tal execução se faz necessária a utilização de argamassa colante para exteriores AC II ou AC III, dependendo da localização do assentamento. 3 ? Recuperação dos rejuntes. Tal serviço é de suma importância à impermeabilização. Os revestimentos cerâmicos das fachadas não permitem a entrada de líquidos para as partes internas da edificação. Os rejuntes que, por serem em quase sua totalidade feitos de cimento, ou seja, possui elevada porosidade, permitem a absorção de água mesmo estando vedados. 4 - Tratamento de trincas é um dos processos fundamentais no restauro das superfícies. São usados instrumentos específicos para abrir as trincas, limpá-las e preenchê-las, tornando assim a superfície restaurada e pronta para receber a finalização. 5 ? Impermeabilização. Chegamos a última etapa dos trabalhos. Existem diversos produtos oferecidos pelo mercado para a execução da impermeabilização. Utilizamos o hidrofulgante K ? 154 6 - Pintura da Fachada, com tintas especiais para pastilhas ou texturas. Pintura externa do prédio ? deve ser revista a cada três anos para corrigir eventuais fissuras pequenas, que normalmente aparecem com o desgaste provocado pelo tempo. A repintura do prédio deve ser feita em no máximo a cada 5 anos. Além de evitar infiltrações, mantém a valorização estética do edifício. Revitalização de fachadas prédiais. Surgido na Europa e Estados Unidos, o conceito de ?Retrofit?, significa ?colocar o antigo em forma? (retro do latim ?movimentar-se para trás? e fit do inglês, adaptação, ajuste), termo cada vez mais ouvido no mercado de construção civil, aplicado ao processo de revitalização de edifícios. Mais do que uma simples reforma, ele envolve uma série de ações de modernização e readequação de instalações. O objetivo é preservar o que há de bom na construção existente, adequá-la às exigências atuais e, ainda, estender a sua vida útil. A necessidade surge quando uma instalação chega ao fim de sua vida útil, quando os custos de operação e manutenção se elevam consideravelmente. O momento do retrofit é uma oportunidade de corrigir distorções que são criadas e acumuladas ao longo do tempo de uso e vida de uma instalação, alem de atualizar o sistema existente de acordo com as atuais normas, melhora da qualidade do ar, redução de custos operacionais, economia de energia e valorização do imóvel. Facilidade de comercialização e locação; Redução nas despesas de manutenção; Evita problemas com acidentes no desprendimento. Atualização arquitetônica e estética. Valorização de pelo menos 30% no valor do imóvel; O que é Retrofit? A Leinº 10518/88, regulamentada pelo Decreto nº 33.008/93, que estabelece que a limpeza (pintura ou lavagem) da fachada do condomínio deve ser realizada a cada 5 anos, assim, é obrigação do síndico obedecer a lei, atingindo ou não o quórum ali exigido. Lei foi regulamentada pelo do Decreto nº 33.008, de 18 de fevereiro de 1993. Ele prevê a intimação, pela Prefeitura, com prazo de 15 dias, aos proprietários de prédios que apresentarem más condições de conservação no seu acabamento, para executarem os serviços necessários à conservação das fachadas, sob pena da multa acima e de novas intimações e multas, tantas quantas forem necessárias, até a execução do serviço de manutenção. Estabelecida pela Lei, n.º 10.518, de 16 de maio de 1988, de pintura e lavagem das fachadas dos prédios visíveis dos logradouros públicos, quaisquer que sejam os usos nele instalados, no mínimo a cada 5 (cinco) anos; Considerando que o Município deve assegurar, em sua política urbana, conforme disposto no inciso V do artigo 148 da Lei Orgânica do Município de São Paulo, a qualidade estética e referencial da paisagem natural e agregada pela ação humana; Considerando que as fachadas dos prédios compõem o patrimônio visual da cidade; Considerando a necessidade de manutenção e preservação deste patrimônio; Considerando a necessidade da melhoria da qualidade visual da paisagem urbana, Decreta: Art. 1º - As Administrações Regionais, no âmbito de suas regiões administrativas promoverão, no prazo de 30 (trinta) dias da publicação deste Decreto, as medidas necessárias, objetivando o cumprimento da Lei n.º 10.518, de 16 de maio de 1988, nos termos deste regulamento. Art. 2º - O proprietário ou responsável pelo prédio deverá apresentar comunicação prévia do serviço a ser executado junto à Administração Regional, conforme o disposto na Lei n.º 11.228, de 26 de junho de 1992 - Código de Obras e Edificações, e no Decreto n.º 32.329, de 23 de setembro de 1992. Parágrafo único. Não sendo obrigatória a comunicação prévia do serviço, em razão do número de andares ou de sua situação fora do alinhamento, bastará o simples registro no respectivo Cadastro da Administração Regional competente, para a solicitação do interessado. Art. 3º - O prazo estabelecido na Lei n.º 10.518, de 16 de maio de 1988, será determinado em função das condições de conservação dos acabamentos externos das fachadas. Art. 4º - Serão fixados critérios especiais a serem obedecidos na atuação administrativa para os prédios cujo tipo de acabamento exige tratamento diferenciado. O DECRETO N.º 39.536/00 ALTEROU O ARTIGO 5º DO DECRETO N.º 33.008/93 "ART. 5º - OS PROPRIETÁRIOS OU RESPONSÁVEIS QUE NÃO ATENDEREM AO DISPOSTO NO ARTIGO 1º DA LEIO N.º 10.518, DE 16 DE MAIO DE 1988, E CUJOS PRÉDIOS APRESENTAREM MÁS CONDIÇÕES DE CONSERVAÇÃO NO SEU ACABAMENTO, SERÃO INTIMADOS A EXECUTAR OS SERVIÇOS NECESSÁRIOS À CONSERVAÇÃO DAS FACHADAS NO PRAZO DE 15 (QUINZE) DIAS" Manutenção de Fachadas Lei 10518/88 Nome: Mensagem: E-mail: enviar